WATV.org is provided in English. Would you like to change to English?

A salvação do mundo depende de Deus

5 Views
FacebookTwitterEmailLineKakaoSMS

Deus tem guiado a obra da nossa salvação tomando a frente do evangelho. Ele sempre nos orienta, mesmo sendo invisível. Enquanto isso, com a ajuda do Pai e da Mãe, que sempre nos guiam em silêncio e dão todo o crédito aos seus filhos, a história do Antigo e Novo Testamentos e as profecias desta época têm-se realizado. Houve muitas ocasiões em que desobedecemos à vontade de Deus. Não obstante, nosso Pai e nossa Mãe celestiais não nos abandonaram, e sim, têm esperado pacientemente até que todos nos arrependamos, e até agora nos orientam à eterna pátria celestial. Por isso, damos graças e glória outra vez ao nosso Pai e à nossa Mãe celestiais.

Deus sempre esteve por trás do movimento do mundo e da operação do universo. Se o poder de Deus não opera, a rotação e translação da terra se deteriam e o universo inteiro deixaria de operar num instante. Inclusive nas coisas que tratamos ligeiramente e não apreciamos, podemos ver a obra do Pai e da Mãe. Levando isto em conta, nós que somos o povo de Sião, devemos sempre dar graças e correr a carreira da fé sem nos esgotar, até alcançarmos o reino dos céus.

Deus ajuda o povo de Sião

Deus ajudou Moisés a guiar os israelitas, e ajudou Pedro a guiar a igreja primitiva para que esta não se rendesse a Satanás. O Deus que os ajudou nos guia até hoje, e nos ajuda até mesmo neste momento. Confirmemos isto mediante os ensinamentos e testemunhos bíblicos.

『não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a minha destra fiel.』 Is 41:10-12

『… Não temas, porque eu te remi; chamei-te pelo teu nome, tu és meu. Quando passares pelas águas, eu serei contigo; quando, pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem a chama arderá em ti. Porque eu sou o SENHOR, teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador …』Is 43:1-3

Deus disse que ele estaria conosco. Todos os homens são fracos e imperfeitos, mas Deus é poderoso. O próprio Deus Todo-Poderoso disse: “Sempre te ajudarei, sempre te sustentarei”.

Às vezes poderemos enfrentar situações intimidantes na batalha espiritual, e nos encontrar em um dilema sem saber como superar a situação. Porém, qualquer adversário espiritual ou obstáculo ao nosso redor será como nada.

『… os céus desaparecerão como a fumaça, e a terra envelhecerá como um vestido, e os seus moradores morrerão como mosquitos, mas a minha salvação durará para sempre, e a minha justiça não será anulada. Ouvi-me, vós que conheceis a justiça, vós, povo em cujo coração está a minha lei; não temais o opróbrio dos homens, nem vos turbeis por causa das suas injúrias … Assim voltarão os resgatados do SENHOR e virão a Sião com júbilo, e perpétua alegria lhes coroará a cabeça; o regozijo e a alegria os alcançarão, e deles fugirão a dor e o gemido.』 Is 51:6-7, 11

Deus disse aos que têm sua lei em seu coração, aos que regressam a Sião: “Vós sois o meu povo” (Is. 51:16). Deus habita em Sião, onde se celebram as festas solenes, e consola o povo em cujo coração está a sua lei.

 『Por isso, o meu povo saberá o meu nome … Que formosos são sobre os montes os pés do que anuncia as boas-novas, que faz ouvir a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O teu Deus reina! Eis o grito dos teus atalaias! Eles erguem a voz, juntamente exultam; porque com seus próprios olhos distintamente veem o retorno do SENHOR a Sião.』 Is 52:6-8

O povo de Deus sabe o nome de Deus. Ele sabe qual é o nome do Pai, e o do Filho, e o do Espírito Santo, que tem trabalhado na época do Pai, e na época do Filho, e na época do Espírito Santo, respectivamente. Ele também sabe o nome da nova Jerusalém, a Noiva do Espírito. Deus diz a esse povo de Sião que não tema, porque ele o ajudará em qualquer situação difícil. Com a ajuda invisível de Deus, podemos ser o que somos hoje, e experimentamos momentos de vitória espiritual, guiando muitas almas aos braços do Pai e da Mãe.

Deus guia a batalha e sua vitória

Através da Bíblia, podemos entender que, enquanto a ajuda de Deus estava acompanhada, o povo de Deus podia cumprir coisas milagrosas, muito além das expectativas humanas. Aproximadamente 3.500 anos atrás, os israelitas puderam derrotar completamente seus inimigos com a ajuda de Deus. Através da sua história confirmemos o fato de que Deus sempre ajuda seu povo e lhe abre o caminho da vitória.

『… Com isso, ordenou Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, e peleja contra Amaleque; amanhã, estarei eu no cimo do outeiro, e o bordão de Deus estará na minha mão. Fez Josué como Moisés lhe dissera e pelejou contra Amaleque; Moisés, porém, Arão e Hur subiram ao cimo do outeiro. Quando Moisés levantava a mão, Israel prevalecia; quando, porém, ele abaixava a mão, prevalecia Amaleque … Arão e Hur sustentavam-lhe as mãos, um, de um lado, e o outro, do outro; assim lhe ficaram as mãos firmes até ao pôr-do-sol. E Josué desbaratou a Amaleque e a seu povo a fio de espada. Então, disse o SENHOR a Moisés: Escreve isto para memória num livro e repete-o a Josué; porque eu hei de riscar totalmente a memória de Amaleque de debaixo do céu. E Moisés edificou um altar e lhe chamou: O SENHOR É Minha Bandeira. E disse: Porquanto o SENHOR jurou, haverá guerra do SENHOR contra Amaleque de geração em geração.』 Êx 17:8-16

Josué foi à batalha como Moisés lhe disse, mas não foi Moisés nem Josué quem guiou os israelitas à vitória na batalha contra os amalequitas, senão o próprio Deus que os ajudou a vencer na batalha. Já que Deus guiou a batalha, está escrito: “Haverá guerra do SENHOR contra Amaleque de geração em geração”.

Quando a cidade de Jericó caiu, não foi Josué quem destruiu as muralhas de Jericó, senão Deus. Os homens recordam facilmente o nome de Moisés e de Josué. Mas, muitas vezes esquecem a existência de Deus, que dirigia em oculto todas as coisas por trás deles, e que lhes dava forças para guiá-los à gloriosa vitória. Então, nós não devemos focar nas histórias dos heróis bíblicos, e sim, temos de pensar em quem lhes deu tanta força para que eles se tornassem heróis.

Assim como os israelitas puderam conquistar Canaã com a ajuda de Deus, do mesmo modo nós podemos entrar na Canaã espiritual, o reino dos céus, porque Deus nos ajuda. Assim como Deus ajudou seu povo na época do Pai e do Filho, nesta época também, do mesmo modo Deus ajuda os que habitam em Sião, os que pregam as boas novas do evangelho.

Deus fez chover maná no deserto

As pessoas prestam atenção às frutas bem maduras penduradas das árvores em um pomar, mas quase nunca consideram as mãos diligentes dos camponeses que puseram fertilizantes, podaram as árvores, protegeram os brotos do congelamento, embrulharam cada fruta para protegê-la dos insetos etc. Nada no mundo se obtém sem esforço.

Agora, pensemos em quantos esforços e sacrifícios Deus fez no mundo espiritual invisível a fim de guiar seu povo durante a peregrinação de 40 anos pelo deserto.

『Então, disse o SENHOR a Moisés: Eis que vos farei chover do céu pão, e o povo sairá e colherá diariamente a porção para cada dia, para que eu ponha à prova se anda na minha lei ou não … Prosseguiu Moisés: Será isso quando o SENHOR, à tarde, vos der carne para comer e, pela manhã, pão que vos farte, porquanto o SENHOR ouviu as vossas murmurações, com que vos queixais contra ele …』 Êx 16:4-8

Deus alimentou os israelitas no deserto onde não podiam encontrar o que comer. Estima-se que a população dos israelitas daquele momento chegava a 600 mil homens acima de 20 anos de idade. Se as mulheres e crianças fossem contadas, somariam mais de três milhões de pessoas. Embora fosse um povo tão grande, Deus não permitiu que os israelitas passassem fome nem um só dia, durante os 40 anos de sua peregrinação pelo deserto. Ele os ajudou em qualquer circunstância, guiando-os com cuidado pelo horrível deserto e levando-os à terra de Canaã que mana leite e mel.

Não obstante, os israelitas preocupavam-se só com seus próprios sofrimentos, e não pensaram sobre o quanto Deus havia trabalhado para alimentá-los todos os dias, embora lhes houvesse mostrado o seu milagroso poder, fazendo com que chovesse o pão do céu a cada dia e que saísse água da rocha ao sentirem sede.

Agora, devemos pensar em todos os trabalhos e sofrimentos em silêncio que nosso Pai e nossa Mãe fazem por nós, e temos de dar-lhes graças e juntamente fazer o nosso máximo esforço, com um só coração para guiar muitas almas à salvação.

A obra do evangelho que Deus administra e cumpre

Ao olharmos uma árvore, vemos que tem ramos, folhas, flores e frutas. Mas, todas estas coisas são simplesmente partes penduradas da árvore, como coisas visíveis e auxiliares, não são partes principais que têm forças principais em si mesmas. As pessoas olham as belas flores e a saborosa fruta pendurada em cada ramo, mas às vezes cometem a tolice de não olhar a árvore inteira.

A essência da salvação é Deus. Quando ganharmos muitos bons frutos mediante a obra da salvação, compreenderemos quem nos dá esses frutos. Em outras palavras, devemos entender profundamente que não sou “eu” quem dá fruto, senão que Deus permite a este ramo dar fruto; e temos de glorificar e louvar a Deus. Se fizermos assim, o evangelho será pregado mais rápido em Samaria e até aos confins da terra.

『Jurou o SENHOR dos Exércitos, dizendo: Como pensei, assim sucederá, e, como determinei, assim se efetuará … Este é o desígnio que se formou concernente a toda a terra; e esta é a mão que está estendida sobre todas as nações. Porque o SENHOR dos Exércitos o determinou; quem, pois, o invalidará? A sua mão está estendida; quem, pois, a fará voltar atrás?』 Is 14:24-27

A grande missão de salvar o mundo é uma obra que Deus mesmo administra. Por isso, é nosso dever agradecer a Deus por nos ter dado a oportunidade de participar da sua obra e de nos preparar para sermos dignos de ser usados por Deus como vasos limpos (2Tm. 2:21).

Os que dizem ser sábios e inteligentes confiam menos em Deus. Eles tentam levar a cabo a obra do evangelho com as suas próprias habilidades, e acabam obtendo resultados decepcionantes. Pelo contrário, os que compreendem sua fraqueza e pensam que nada pode cumprir-se sem a ajuda de Deus, pedem seriamente a Deus que os ajude em toda circunstância, e assim ganham muitos frutos.

Precisamos ter confiança e coragem, mas não devemos esquecer que é Deus quem cumpre tudo. A grande obra do evangelho poderá cumprir-se quando formos a Samaria e até aos confins da terra para salvar o mundo, vestidos do poder de Deus Todo-Poderoso. Por esta razão, o apóstolo Paulo confiava a cada dia somente em Deus, dizendo que havia sido crucificado com Cristo, e que só Cristo vivia nele.

Toda obra que Deus administra é coisa que deve cumprir-se sem falta. Crendo que essa obra é para a nossa bênção, se dependermos absolutamente de Deus, em qualquer situação, com a fé obediente à sua palavra, poderemos guiar todas as pessoas do mundo ao arrependimento dos seus pecados. Pela ajuda de Deus, quando for suavizado nosso coração duro de pedra, a ponto de obedecer de bom grado à palavra de Deus, a nossa pregação poderá lançar raízes e dar frutos.

『O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do SENHOR … Confia ao SENHOR as tuas obras, e os teus desígnios serão estabelecidos.』 Pv 16:1-3

Certamente tudo o que Deus administra se cumprirá. Então, se a obra da evangelização mundial for executada dependendo do poder de Deus, sem falta se realizará. Se tentarmos fazê-la com as nossas próprias habilidades, ao invés de depender de Deus, a obra da salvação planejada por Deus não poderá avançar nem um passo à frente. Por isso, precisamos orar. Com a ajuda do Pai e da Mãe, acompanhada dos nossos esforços devotos pelas nossas sinceras orações, a administração de Deus para a obra da salvação se realizará sem falta.

Deus nos guiará eternamente

Precisamos absolutamente de Deus. Confiando em Deus, que sempre nos protege do mal, devemos levar Deus em nós na grande jornada para salvar o mundo.

『… Como o teu nome, ó Deus, assim o teu louvor se estende até aos confins da terra; a tua destra está cheia de justiça … este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre; ele será nosso guia até à morte.』Sl 48:8-14

Deus é nosso salvador eternamente e para todo o sempre. O Deus que esteve com Moisés e com Josué, está hoje conosco e sempre nos guia. O Deus que ajudou o apóstolo Paulo, Pedro e todos os santos da igreja primitiva, nos ajuda nesta época.

『O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso; refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome. Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo … Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na Casa do SENHOR para todo o sempre.』Sl 23:1-6

As ovelhas são indefesas, mas podem escapar de todos os perigos com a ajuda do seu pastor. O pastor é o único em quem as ovelhas podem confiar. Deus é o nosso Pastor.

Visto que Deus nos ajuda, o movimento do Espírito Santo está se levantando ativamente em todo o mundo e o evangelho está se expandindo rapidamente. Contudo, se houvesse alguém que bloqueia o movimento do Espírito Santo, esse seria “eu mesmo”. A obra do evangelho não é alcançada porque “eu vou”, ou “eu faço”. Essa obra é alcançada só quando Deus está conosco.

O mundo espera aqueles com quem Deus está. Deus permite que as pessoas, que sempre se lembram dele e contemplam a sua vontade, sejam testemunhas da maravilhosa obra do Espírito Santo. Deus nos prometeu que estaria conosco até o fim do mundo. Devemos ir juntos com Deus Elohim, nosso Pai e nossa Mãe celestiais, a todas as nações do mundo, e pregar-lhes as boas novas segundo a administração que Deus orienta. Tendo Deus vivo em nosso coração, preguemos o evangelho para dar abundantes frutos cheios de graça em todo o mundo.

FacebookTwitterEmailLineKakaoSMS