WATV.org is provided in English. Would you like to change to English?

Faça-nos conhecer o amor de Deus

52 Views
FacebookTwitterEmailLineKakaoSMS

Deus nos tem dado vários mandamentos, dizendo-nos que obedeçamos a eles. Estes mandamentos não são ordens ditatoriais. Deus não nos deu os seus mandamentos para restringir nossa liberdade.

Guardar os mandamentos de Deus, amar os irmãos, pregar o evangelho. Tudo vem do amor de Deus. Cada palavra de Deus contém o seu invisível amor.

Deus veio para salvar seus filhos que pecaram

Para entender o amor de Deus, é preciso que tenhamos conhecimento da alma. Sem saber o princípio da alma, não podemos compreender por que os seres humanos vivem com aflições e dores nesta terra, e por que Deus Todo-Poderoso, que criou todas as coisas através da sua palavra, tem se sacrificado durante 6.000 anos por nossa redenção.

O homem é formado de duas coisas, o corpo feito do pó, e a alma que é o fôlego de vida (Ref. Gn. 2:7). Depois que a Terra foi criada, o corpo, representado pelo pó, veio a existir nesta terra. No entanto, o espírito, o fôlego de vida, já existia com Deus, antes da criação da Terra. Em outras palavras, nosso espírito, formado pelo fôlego de vida de Deus, vivia com Deus no glorioso reino dos céus, e todos nós éramos anjos.

『O SENHOR me possuía no início de sua obra, antes de suas obras mais antigas. Desde a eternidade fui estabelecida, desde o princípio, antes do começo da terra. Antes de haver abismos, eu nasci, e antes ainda de haver fontes carregadas de águas. Antes que os montes fossem firmados, antes de haver outeiros, eu nasci. Ainda ele não tinha feito a terra, nem as amplidões, nem sequer o princípio do pó do mundo. Quando ele preparava os céus, aí estava eu; quando traçava o horizonte sobre a face do abismo;』 Pv. 8:22-27

Salomão, o escritor de Provérbios, testificou que ele já havia nascido, quando Deus estava criando os céus, a terra e todas as coisas. Por isso, nesse tempo, ele estava olhando a criação de Deus. Se Salomão já havia nascido antes que Deus fizesse a terra, os campos e o princípio do pó do mundo, ele devia ter nascido como um ser espiritual, como um anjo, para poder observar Deus criando tudo. Jó também existia assim.

『Depois disto, o SENHOR, do meio de um redemoinho, respondeu a Jó: Quem é este que escurece os meus desígnios com palavras sem conhecimento? Cinge, pois, os lombos como homem, pois eu te perguntarei, e tu me farás saber. Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Dize-mo, se tens entendimento. Quem lhe pôs as medidas, se é que o sabes? Ou quem estendeu sobre ela o cordel? Sobre que estão fundadas as suas bases ou quem lhe assentou a pedra angular, quando as estrelas da alva, juntas, alegremente cantavam, e rejubilavam todos os filhos de Deus? … Tu o sabes, porque nesse tempo eras nascido e porque é grande o número dos teus dias!』 Jó 38:1-7, 21

As crianças não recordam de quando eram pequenas, mas os pais sim. Quando Deus perguntou a Jó: Onde estavas tu quando eu fundava a terra? Jó não pôde recordar dos dias quando Deus criou todas as coisas, e Deus lhe disse que ele já havia nascido. Se Jó já havia nascido quando Deus fundava a terra, onde estava ele? Estava na terra? Não.

Assim como Salomão e Jó, nós também éramos anjos antes de termos nascido neste mundo; vivíamos com glória, cantando louvoresa Deus no reino celestial. Entretanto, um dia fomos tentados por Satanás, “Lúcifer, filho da alva”, e pecamos. É por isso que fomos lançados a esta terra (Is. 14:12-15, Ap. 12:7-9).

Resgatando-nos do tormento do inferno para o reino dos céus

Deus veio do céu a esta terra para buscar seus filhos perdidos, tendo misericórdia deles (Mt. 9:13, Lc. 19:10). Para buscar e salvar estes pecadores, Deus veio em forma de corpo igual aos pecadores, e nos fez imortais, libertando-nos do pecado através do sangue do sacrifício da Páscoa. Ele estabeleceu a Nova Aliança, a verdade da vida, e nos disse que a guardássemos, para que os pecadores, que tinham perdido a memória do céu, pudessem saber que existe o reino de Deus, e voltar para lá sem falta. O mundo eterno, aonde devemos ir, já está preparado para nós. Se obedecermos a palavra de Deus, iremos ao céu, nosso lar eterno. Se não o fizermos, seremos castigados no inferno.

『E, se tua mão te faz tropeçar, corta-a; pois é melhor entrares maneta na vida do que, tendo as duas mãos, ires para o inferno, para o fogo inextinguível … E, se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o; é melhor entrares no reino de Deus com um só dos teus olhos do que, tendo os dois seres lançado no inferno, onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga. Porque cada um será salgado com fogo.』 Mc. 9:43-49

『Ora, havia certo homem rico que se vestia de púrpura e de linho finíssimo e que, todos os dias, se regalava esplendidamente. Havia também certo mendigo, chamado Lázaro, coberto de chagas, que jazia à porta daquele … Aconteceu morrer o mendigo e ser levado pelos anjos para o seio de Abraão; morreu também o rico e foi sepultado. No inferno, estando em tormentos, levantou os olhos e viu ao longe a Abraão e Lázaro no seu seio. Então, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim! E manda a Lázaro que molhe em água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.』 Lc. 16:19-31

Este versículo descreve bem quão horrível é sofrer no inferno. É um lugar de tormento que dura para sempre. Pense no homem rico que suplicava uma gota de água para refrescar sua língua, atormentado nas chamas. Por isso, Deus nos adverte seriamente que evitemos o castigo do inferno. Para libertar seus filhos da angústia e do tormento do inferno, ele veio a esta terra e estabeleceu a verdade da Nova Aliança, sofrendo o castigo que os pecadores mereciam. A Nova Aliança contém o invisível amor de Deus, que quer perdoar todos os nossos pecados e guiar-nos ao reino dos céus, onde não há morte, nem dor, nem aflição (Ap. 21:1-4).

O infinito amor de Deus

Vamos pensar em quantas pessoas Deus utilizou até que recebêssemos a verdade. De fato, inúmeras pessoas ao nosso redor são as que foram enviadas por Deus. Às vezes são usadas para nos provar e refinar, e às vezes como boas companheiras e líderes. Assim, as pessoas ao nosso redor são usadas por Deus para nos guiar ao eterno reino dos céus. Mesmo assim, até agora não percebíamos este fato.

De agora em diante, espero que todos nós sintamos a mão amorosa de Deus, que nos guia através de muitas pessoas ao reino dos céus. Até hoje Deus está trabalhando com toda a sua dedicação, para que nós sejamos transformados em seres lindos por fora e por dentro. Deus nos cuida com seu amor infinito, por isso podemos dizer que Deus é amor.

『Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado. Porque Cristo, quando nós ainda éramos fracos, morreu a seu tempo pelos ímpios. Dificilmente, alguém morreria por um justo; pois poderá ser que pelo bom alguém se anime a morrer. Mas Deus prova o seu próprio amor para conosco pelo fato de ter Cristo morrido por nós, sendo nós ainda pecadores.』 Rm. 5:3-11

Deus nos amou e se sacrificou voluntariamente por nós, mesmo sendo nós pecadores, que merecíamos morrer, sem direito de sermos amados. Quando estávamos em estado espiritual que não merecíamos ser resgatados, ele foi açoitado, traspassado e moído em nosso lugar, por estes pecadores irremissíveis, e derramou na cruz seu precioso sangue, com o qual demonstrou seu amor por nós.

O amor terreno é transitório e condicionado. Mesmo que um homem e uma mulher se amem muito, quando se casam e vivem juntos, pode haver brigas com frequência. Pais, filhos, irmãos e amigos terminam separando-se com o tempo ou por causa das circunstâncias, embora sua relação seja muito próxima.

Mas, o amor de Deus transcende o tempo, o espaço e até todas as fronteiras.

『Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.』 Mt. 28:18-20

Somente Deus está sempre conosco até o fim do mundo. Ele nos ama incondicionalmente, e seu amor permanece firme em qualquer situação. Quando estávamos destinados a morrer por nosso pecado, Deus nunca nos abandonou. Ele estará sempre conosco até o dia em que voltaremos ao reino dos céus, e também ali estará conosco para sempre.

『Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor procede de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus em nós: em haver Deus enviado o seu Filho unigênito ao mundo, para vivermos por meio dele … Amados, se Deus de tal maneira nos amou, devemos nós também amar uns aos outros.』 1Jo. 4:7-11

Deus é amor. Devemos compartilhar o amor imutável e infinito de Deus com nossos irmãos, e até com todas as pessoas ao nosso redor. Como filhos de Deus, temos que aprender o seu amor e colocá-lo em prática.

Não murmurem

Um dia vi um texto intitulado “Pegadas na areia”, como segue:

Uma noite eu tive um sonho. Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e através do céu, passavam cenas da minha vida. Para cada cena que passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia: um era meu e o outro era do Senhor.

Quando a última cena passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver. Isso me aborreceu deveras e perguntei então ao Senhor:

– Senhor, Tu me disseste que, uma vez que resolvi te seguir, Tu andarias sempre comigo, em todo o caminho. Contudo, notei que durante as maiores atribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo por que nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixaste sozinho.

O Senhor me respondeu:

– Meu querido filho. Jamais eu te deixaria nas horas de provas e de sofrimento. Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exatamente aí que eu te carreguei nos braços.

Este poema retrata de maneira figurada o amor de Deus. O amor humano busca a si mesmo; no entanto, o amor de Deus é perfeito e incondicional. Mesmo que estejamos em momentos difíceis e penosos pelas provas e sofrimentos, Deus quer guiar-nos e se for preciso carregar nos braços. Ainda mais, ele nos cobre com suas asas e nos protege até mesmo enfrentando todo o perigo.

Entretanto, às vezes nos equivocamos e não entendemos o amor de Deus, e murmuramos contra Deus como o homem desta história. Na verdade, não temos razão alguma para queixar-nos. Tudo acontece de acordo com a vontade de Deus, enquanto ele nos guia ao reino dos céus.

『Sede, pois, irmãos, pacientes, até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. Sede vós também pacientes e fortalecei o vosso coração, pois a vinda do Senhor está próxima. Irmãos, não vos queixeis uns dos outros, para não serdes julgados. Eis que o juiz está às portas.』 Tg. 5:7-9

『Entretanto, Deus não se agradou da maioria deles, razão por que ficaram prostrados no deserto … Nem murmureis, como alguns deles murmuraram e foram destruídos pelo extermina-dor. Estas coisas lhes sobrevieram como exemplos e foram escritas para advertência nossa, de nós outros sobre quem os fins dos séculos têm chegado.』 1Co. 10:5-12

Depois da murmuração, o juízo é aguardado, e depois do juízo vem a destruição. A Bíblia nos diz que murmurar é um pecado grave que pode trazer o juízo e a morte. Pense nos israelitas que murmuraram contra Deus e contra Moisés e Arão, e foram todos destruídos.

Se não sentimos a mão carinhosa de Deus que nos ajuda em todas as situações, as paixões da nossa carne nos fazem murmurar. Quando freamos os desejos da carne e consideramos os desejos do Espírito, somos capazes de perceber o amor de Deus com nossos olhos espirituais, e de correr alegremente até o céu.

A nossa adoração a Deus e fé nele não são para melhorar a nossa qualidade de vida física. Se fosse assim, quando Jesus veio em carne a esta terra, ele teria ganhado o poder terreno. Esta terra é uma prisão espiritual, a cidade de refúgio, e não um lugar cômodo. Cada um leva sua própria cruz em sua vida.

Entretanto, para nós haverá o fruto do nosso próprio trabalho: o reino dos céus, a vida eterna, a salvação, o sacerdócio real, o amor infinito de Deus etc. Jesus Cristo disse: “O meu reino não é deste mundo” (Jo. 18:36). Gravando estas palavras no coração, aumentemos nossa esperança no eterno reino dos céus.

Deem graças em tudo e andem no amor

Se não compreendemos o amor de Deus, chegamos a cansar-nos da vida na terra e começamos a queixar-nos. Mas, se compreendemos o amor de Deus, cada dia ficamos agradecidos. A Bíblia nos diz que andemos no caminho de fé, regozijando-nos sempre, orando sem cessar e dando graças em tudo.

『Regozijai-vos sempre. Orai sem cessar. Em tudo, dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.』 1Ts. 5:16-18

Deus é nosso Pai e nossa Mãe, e o eterno reino dos céus é nosso. Por esta razão, podemos regozijar-nos sempre. As pessoas sentem tristeza pelo seu envelhecimento e medo da morte. Mas, nós não somos assim. Deus nos tem dado paz, alegria e felicidade para sempre, mediante a verdade da Nova Aliança. Como poderíamos deixar de regozijar-nos e dar graças?

Assim, podemos estar alegres e felizes ao crer no Pai e na Mãe. Não é que temos que guardar só os mandamentos, mas também por trás deles está escondido o grande amor de Deus.

『… acima de tudo isto, porém, esteja o amor … e sede agradecidos. Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração … dando por ele graças a Deus Pai.』 Cl. 3:13-17

『Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele, nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças.』 Cl. 2:6-7

Deus nos tem dado a verdade da Nova Aliança e a permissão de entrar no reino dos céus; Deus é nosso Pai e nossa Mãe; somos irmãos e irmãs e trabalhamos juntos diligentemente para estabelecer o reino do evangelho, guiando o mundo ao caminho reto. Por todas estas coisas temos que dar graças. Ao invés de queixar-nos por causa dos desejos da carne, vamos dar graças sempre ao nosso Pai e à nossa Mãe celestiais.

Ninguém pode dizer que conhece a Bíblia sem entender primeiro o amor de Deus. Somente os que compreendem o amor de Deus podem conhecer a Bíblia e a Deus. Devemos encher nossa casa e a igreja com o amor de Deus. Quando nos parecermos com Deus, que é amor, e servirmos uns aos outros no amor fraternal, nos enche-remos de gratidão em tudo.

『Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo nos amou e se entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a Deus, em aroma suave … nem conversação torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, coisas essas inconvenientes; antes, pelo contrário, ações de graças.』 Ef. 5:1-4

A gratidão é uma prova de que temos entendido o amor de Deus. No capítulo 4 de Apocalipse, por que os anciãos dão glória a Deus, depositando as suas coroas diante do trono? É porque eles se sentem agradecidos por terem entendido o amor de Deus. Do mesmo modo, podemos ser gratos se entendermos o amor de Deus. A nós que vivíamos sem esperança, Deus tem dado a esperança no eterno reino dos céus e a bênção da vida eterna. Ainda que elogiássemos e déssemos graças a Deus sempre e para sempre, não seria suficiente.

Se dermos graças a Deus em tudo, Deus nos permitirá mais coisas que nos fazem sentir mais agradecidos por elas. Até que encontremos todos os nossos irmãos celestiais, sigamos proclamando as maravilhosas obras do nosso Pai e da nossa Mãe celestiais, estando sempre alegres e dando graças em tudo. Deus nos cuida como a menina de seus olhos e nos ama incessantemente. Recordando o amor em todo o tempo e dando graças constantemente, proclamemos o amor do Pai e da Mãe a todas as pessoas do mundo.

FacebookTwitterEmailLineKakaoSMS