WATV.org is provided in English. Would you like to change to English?

A arca de Deus

54 Views
FacebookTwitterEmailLineKakaoSMS

A Bíblia consta de duas partes, Antigo Testamento e Novo Testamento, chamados de Antiga Aliança e Nova Aliança, que Deus tem dado à humanidade. No centro do Antigo Testamento, isto é, Antiga Aliança, estava o santuário, e na sua parte mais interior, chamada o Santo dos Santos, estava a arca da Aliança.

A arca da Aliança era uma caixa onde se guardavam as duas tábuas de pedra dos Dez Mandamentos. Já que contém a lei de Deus, se chama a arca da lei, e também se chama a arca do Testemunho, porque estas duas tábuas são chamadas o testemunho. Aliás, em geral é conhecida como a santa arca.

Na história do Antigo Testamento estão escritos muitos acontecimentos relacionados com a arca da Aliança. Esta é uma evidência que nos mostra a importância da arca da Aliança. Alguns foram abençoados através da arca da Aliança, e ao contrário, outros foram malditos e destruídos. Estes acontecimentos foram escritos para servir de espelho a nós (1Co. 10:11). Por meio da história do passado, devemos compreender a realidade da arca da Aliança e participar da bênção da salvação.

A árvore da vida e a arca da Aliança que os querubins guardavam

『E o SENHOR Deus lhe deu esta ordem: De toda árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal não comerás; porque, no dia em que dela comeres, certamente morrerás.』 Gn. 2:16-17 

Ao vermos a história do Éden escrita no livro de Gênesis, Deus disse a Adão e Eva que não comessem da árvore do conhecimento do bem e do mal, mas eles pecaram contra Deus comendo do fruto proibido, através do qual a morte chegou a toda a humanidade. No entanto, no jardim do Éden, onde começou a história da morte, também se encontra o segredo da vida eterna.

『Então, disse o SENHOR Deus: Eis que o homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal; assim, que não estenda a mão, e tome também da árvore da vida, e coma, e viva eternamente … E, expulso o homem, colocou querubins ao oriente do jardim do Éden e o refulgir de uma espada que se revolvia, para guardar o caminho da árvore da vida.』 Gn. 3:22-24 

No jardim do Éden estava a árvore da vida, e até os pecadores podiam viver se comessem dela. Mas, Deus pôs dois querubins com uma espada flamejante para guardar o caminho à árvore da vida, de modo que os pecadores não pudessem comer da árvore da vida sem permissão.

Qual é a realidade da árvore da vida que os querubins guardavam? As leis e os estatutos de Deus, que foram transmitidos de maneira verbal desde Adão, foram reorganizados e codificados na época de Moisés. Entre as leis e estatutos, por meio dos estatutos do santuário podemos descobrir o segredo da árvore da vida que os querubins guardavam.

『Também farão uma arca de madeira de acácia … E porás na arca o Testemunho, que eu te darei. Farás também um propiciatório de ouro puro; de dois côvados e meio será o seu comprimento, e a largura, de um côvado e meio. Farás dois querubins de ouro; de ouro batido os farás, nas duas extremidades do propiciatório; um querubim, na extremidade de uma parte, e o outro, na extremidade da outra parte; de uma só peça com o propiciatório fareis os querubins nas duas extremidades dele. Os querubins estenderão as asas por cima, cobrindo com elas o propiciatório; estarão eles de faces voltadas uma para a outra, olhando para o propiciatório. Porás o propiciatório em cima da arca; e dentro dela porás o Testemunho, que eu te darei. Ali, virei a ti e, de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins que estão sobre a arca do Testemunho, falarei contigo acerca de tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel.』Êx. 25:10-22 

Quando Deus deu a lei a Moisés, disse que construísse um santuário. Também, Deus ordenou a Moisés que pusesse a arca onde se guardavam as tábuas da aliança, no lugar interior do santuário, que é o Santo dos Santos, e que pusesse querubins nas duas extremidades do propiciatório, isto é, a tampa da arca da Aliança. Deus disse que ele se encontraria com os israelitas entre os dois querubins sobre a arca da Aliança e que ali daria todos os seus mandamentos a eles. Os querubins, que haviam guardado o caminho à árvore da vida, então guardavam a arca da Aliança no santuário. Isto implica que a arca da Aliança é a árvore da vida.

O fim dos que desprezaram a arca da Aliança

A arca da Aliança era transportada de um lugar para o outro desde que o tabernáculo foi construído no deserto. Enquanto isso, os que honraram e serviram a Deus respeitando a arca da Aliança, foram abençoados; mas os que desprezaram a Deus foram malditos e destruídos.

『Portanto, diz o SENHOR, Deus de Israel: Na verdade, dissera eu que a tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente; porém, agora, diz o SENHOR: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram, honrarei, porém os que me desprezam serão desmerecidos.』 1Sm. 2:30 

Estas eram as palavras de advertência que caíram sobre a casa de Eli, um dos juízes de Israel. Hofni e Fineias, os dois filhos de Eli, eram malfeitores. Eles sempre transgrediam as leis e os estatutos de Deus, desprezando os sacrifícios a Deus, e cometeram atos iníquos. Apesar da advertência de Deus, eles prosseguiram a fazer maldade, e afinal foram derrotados na batalha contra os filisteus e perderam a arca de Deus.

『Mandou, pois, o povo trazer de Siló a arca do SENHOR dos Exércitos, entronizado entre os querubins; os dois filhos de Eli, Hofni e Fineias, estavam ali com a arca da Aliança de Deus … E se atemorizaram os filisteus e disseram: Os deuses vieram ao arraial. E diziam mais: Ai de nós! Que tal jamais sucedeu antes. Ai de nós! Quem nos livrará das mãos destes grandiosos deuses? São os deuses que feriram aos egípcios com toda sorte de pragas no deserto. Sede fortes, ó filisteus! Portai-vos varonilmente … Então, pelejaram os filisteus; Israel foi derrotado, e cada um fugiu para a sua tenda; foi grande a derrota, pois foram mortos de Israel trinta mil homens de pé. Foi tomada a arca de Deus, e mortos os dois filhos de Eli, Hofni e Fineias.』1Sm. 4:4-11 

Durante os 40 anos de peregrinação de Israel pelo deserto, a arca da Aliança sempre ia adiante dos israelitas, e servia de um escudo quando eles se encontravam em problemas ou em dificuldades. É porque Deus, que morava entre os dois querubins sobre a arca da Aliança, endireitou o caminho e pelejava por Israel.

Com este entendimento a respeito da arca da Aliança, antes da batalha contra os filisteus, Israel trouxe de Siló a arca da Aliança. Com isso, o povo deu “vivas” gritando fortemente até que a terra se sacudisse. Por isso, os filisteus tremeram de medo. Mas, apesar disso, Israel foi derrotado grandemente na batalha, e Hofni e Fineias foram mortos. Isto aconteceu como Deus o havia advertido a Eli sobre a sua família.

『Então, respondeu o que trazia as novas e disse: Israel fugiu de diante dos filisteus, houve grande morticínio entre o povo, e também os teus dois filhos, Hofni e Fineias, foram mortos, e a arca de Deus foi tomada. Ao fazer ele menção da arca de Deus, caiu Eli da cadeira para trás, junto ao portão, e quebrou-se-lhe o pescoço, e morreu … Estando sua nora, a mulher de Fineias … encurvou-se e deu à luz; porquanto as dores lhe sobrevieram. Ao expirar … Mas chamou ao menino Icabô, dizendo: Foi-se a glória de Israel. Isto ela disse, porque a arca de Deus fora tomada e por causa de seu sogro e de seu marido. E falou mais: Foi-se a glória de Israel, pois foi tomada a arca de Deus.』 1Sm. 4:17-22 

Assim, a arca de Deus foi o fator-chave que decidiu o destino de Israel. Quando o povo tratava a arca da Aliança com cuidado e respeito, a glória de Deus resplandecia sobre Israel, mas quando a arca da Aliança era menosprezada, as pragas de Deus vinham sobre a terra de Israel e a glória de Deus abandonava Israel.

Desde então, vieram ser registrados na Bíblia os desastres que caíram sobre as pessoas que tratavam a arca da Aliança com desprezo.

『Feriu o SENHOR os homens de Bete-Semes, porque olharam para dentro da arca do SENHOR, sim, feriu deles setenta homens; então, o povo chorou, porquanto o SENHOR fizera tão grande morticínio entre eles. Então, disseram os homens de Bete-Semes: Quem poderia estar perante o SENHOR, este Deus santo? E para quem subirá desde nós? Enviaram, pois, mensageiros aos habitantes de Quiriate-Jearim, dizendo: Os filisteus devolveram a arca do SENHOR; descei, pois, e fazei-a subir para vós outros. Então, vieram os homens de Quiriate-Jearim e levaram a arca do SENHOR à casa de Abinadabe, no outeiro … Sucedeu que, desde aquele dia, a arca ficou em Quiriate-Jearim, e tantos dias se passaram, que chegaram a vinte anos; e toda a casa de Israel dirigia lamentações ao SENHOR.』 1Sm. 6:19-7:2 

Os homens de Bete-Semes violaram os estatutos de Deus, e se atreveram a olhar o interior da arca de Deus. Então, Deus os castigou e os 70 homens deles foram mortos. Ademais, houve muitos incidentes relacionados com a arca da Aliança até o tempo em que Salomão construiu o templo e pôs a arca da Aliança nele.

A casa de Obede-Edom que foi abençoada ao permanecer a arca da Aliança

『Então, Davi, com todo o Israel, subiu a Baalá, isto é, a Quiriate-Jearim, que está em Judá, para fazer subir dali a arca de Deus, diante da qual é invocado o nome do SENHOR, que se assenta acima dos querubins. Puseram a arca de Deus num carro novo e a levaram da casa de Abinadabe … Quando chegaram à eira de Quidom, estendeu Uzá a mão à arca para a segurar, porque os bois tropeçaram. Então, a ira do SENHOR se acendeu contra Uzá e o feriu, por ter estendido a mão à arca; e morreu ali perante Deus … Temeu Davi a Deus, naquele dia, e disse: Como trarei a mim a arca de Deus? Pelo que Davi não trouxe a arca para si, para a Cidade de Davi; mas a fez levar à casa de Obede-Edom, o geteu. Assim, ficou a arca de Deus com a família de Obede-Edom, três meses em sua casa; e o SENHOR abençoou a casa de Obede-Edom e tudo o que ele tinha.』 1Cr. 13:6-14 

Quando os israelitas estavam a ponto de transportar a arca da Aliança, Uzá que tocou na arca pela mão para segurá-la foi morto nessa mesma hora. Quando Davi viu isto, temeu e não quis trazer a arca da Aliança à cidade de Davi. Então, ele mandou levá-la à casa de Obede-Edom. Por causa da arca da Aliança, as bênçãos de Deus foram derramadas sobre a casa de Obede-Edom.

Deus não perdoou os que tratavam descuidadamente sem regras e estatutos a arca da Aliança e enviou desastres sobre eles. Por outro lado, Deus derramou abundantemente bênçãos sobre os que tratavam a arca da Aliança com grande respeito. Davi, que temeu quando viu Uzá morrer, finalmente compreendeu as bênçãos de Deus a ser permitidas através da arca da Aliança, e a trouxe à cidade de Davi.

『Foram Davi, e os anciãos de Israel, e os capitães de milhares, para fazerem subir, com alegria, a arca da Aliança do SENHOR, da casa de Obede-Edom … Davi vestia também uma estola sacerdotal de linho. Assim, todo o Israel fez subir com júbilo a arca da Aliança do SENHOR, ao som de clarins, de trombetas e de címbalos, fazendo ressoar alaúdes e harpas. Ao entrar a arca da Aliança do SENHOR na Cidade de Davi, Mical, filha de Saul, estava olhando pela janela e, vendo ao rei Davi dançando e folgando, o desprezou no seu coração.』1Cr. 15:25-29 

Davi se regozijou e dançou como uma criança quando a arca da Aliança entrou na cidade de Davi. No entanto, Mical, que não compreendeu as bênçãos de Deus a ser dadas através da arca da Aliança, desprezou Davi quando o viu dançando e folgando. Foi por isso que ela não pôde ter filhos até o dia da sua morte.

Depois, Davi ofereceu holocaustos e sacrifícios de paz diante de Deus, e pôs diante da arca de Deus ministros dos levitas, para que recordassem e confessassem e louvassem a Deus (1Cr. 16:1-4). No reinado de Salomão, filho de Davi, se finalizou a construção do templo, e a arca de Deus, que se levava de um lugar a outro, foi posta no templo. Depois de construído o templo, quando Salomão colocou a arca da Aliança e todos os utensílios sagrados dentro do templo, a glória de Deus encheu o templo (1Rs. 8:1-11).

A Mãe celestial é a arca da Aliança

Nos tempos do Antigo Testamento, Deus estava com seu povo e lhe concedia sua graça por meio da arca da Aliança. Agora, vamos averiguar o que Deus nos está ensinando através da arca da Aliança nesta época, quer dizer, qual é o significado mais importante da arca.

『Sucederá que, quando vos multiplicardes e vos tornardes fecundos na terra, então, diz o SENHOR, nunca mais se ex-clamará: A arca da Aliança do SENHOR! Ela não lhes virá à mente, não se lembrarão dela nem dela sentirão falta; e não se fará outra. Naquele tempo, chamarão a Jerusalém de Trono do SENHOR; nela se reunirão todas as nações em nome do SENHOR e já não andarão segundo a dureza do seu coração maligno. Naqueles dias, andará a casa de Judá com a casa de Israel, e virão juntas da terra do Norte para a terra que dei em herança a vossos pais.』 Jr. 3:14-18 

Deus disse que chegaria o tempo em que nunca mais se exclamaria: “A arca da Aliança do SENHOR! Ela não lhes virá à mente, não se lembrarão dela nem dela sentirão falta”, e que Jerusalém seria chamada o Trono de Deus. O apóstolo Paulo deu testemunho de que Jerusalém é nossa Mãe.

『Mas a Jerusalém lá de cima é livre, a qual é nossa mãe;』Gl. 4:26 

Afinal, a realidade da arca da Aliança, onde Deus se encontrava entre dois querubins e onde fluía sua glória, é nossa Mãe Jerusalém. Por isso, se alguém perde a Jerusalém e ela sai dele, a glória de Deus se afastará dele. Os homens de Bete-Semes e Uzá foram destruídos por menosprezarem a arca da Aliança, enquanto a família de Obede-Edom foi abençoada por tratar a arca da Aliança com grande respeito. Esta história nos faz entender quão importante é nossa Mãe.

Já que o templo de Salomão era o lugar onde finalmente se pôs a arca da Aliança, assim também nosso corpo é o templo onde mora a arca de Deus nesta época.

『Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado.』 1Co. 3:16-17

Agora, temos sido edificados como o templo de Deus. Portanto, devemos ter dentro de nós a nossa Mãe, que é a arca da Aliança, quer dizer, a árvore da vida que os querubins guardam. Se alguém não recebe a Mãe, não tem a arca da Aliança nele. Se alguém se aparta da fé na Mãe, a glória de Deus se aparta dele.

O templo de onde saiu a glória de Deus, não é nada, não importa quão magnificente ele seja. Deus diz: “Aos que me honram, honrarei, porém os que me desprezam serão desmerecidos”. Levando estas palavras de Deus no coração, devemos honrar a Mãe e chegar a ser o templo de Deus onde há a arca da Aliança. Não devemos ser como Hofni e Fineias que perderam a arca da Aliança por fazerem a maldade. Pelo contrário, devemos ser como Obede-Edom, cuja casa foi abençoada ao guardar a arca da Aliança em sua casa. Assim como ele, vamos ter em nosso coração a nossa Mãe Jerusalém, a realidade da arca da Aliança, e honrá-la para receber sempre as bênçãos de Deus. Espero que vocês se tornem os templos cheios da glória de Deus e proclamem a Mãe a todas as pessoas do mundo, de modo a serem lindos filhos de Sião.

FacebookTwitterEmailLineKakaoSMS