WATV.org is provided in English. Would you like to change to English?

Ascendendo ao céu enquanto anda com Deus

413 Visualizações

Todos querem ir ao reino dos céus onde não há morte, nem tristeza, nem dor, e sim há apenas a eterna alegria, glória e felicidade transbordantes; este é o nosso lar espiritual. Todos os santos com fé têm a esperança de voltar ao lar celestial.

Então, quem pode entrar no céu? A Bíblia registra que os que andaram com Deus, como Enoque e Elias, ascenderam ao céu. Aprendamos a sabedoria para entrar no céu ao examinar a história de nossos antepassados da fé que andaram com Deus.

Andando com Deus

Há muitas pessoas que se chamam cristãs e numerosas denominações que afirmam crer em Deus neste mundo. Entre eles, quais pessoas andam com Deus e qual igreja o acompanha? Enquanto levamos uma vida de fé na época do Espírito Santo, sempre devemos andar com Deus, pertencendo à igreja que o acompanha, para que possamos entrar no eterno reino dos céus.

“Enoque viveu sessenta e cinco anos e gerou a Metusalém. Andou Enoque com Deus; e, depois que gerou a Metusalém, viveu trezentos anos; e teve filhos e filhas. Todos os dias de Enoque foram trezentos e sessenta e cinco anos. Andou Enoque com Deus e já não era, porque Deus o tomou para si.” Gn. 5:21-24

Enoque, que aparece no livro do Gênesis, andou com Deus. Na Bíblia está escrito que ele teve testemunho de ter agradado a Deus e por que Deus o levou, foi trasladado para não ver a morte, isto é, ascendeu ao céu (Hb. 11:5).

“Andar com alguém” implica “trilhar o mesmo caminho juntos”. Em termos espirituais, andar com Deus significa seguir o seu exemplo. Na Bíblia, os nossos antepassados da fé que andaram com Deus, como Enoque, seguiram completamente em seu caminho de fé o exemplo que Deus deu e como resultado puderam entrar no céu onde Deus habita.

Hoje também nós devemos andar com Deus para sermos guiados ao eterno reino dos céus. Averiguemos como podemos andar com Deus através dos ensinamentos de Jesus.

“Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.” Jo. 13:15

Jesus enfatizou que ele deu o exemplo para que nós também fizéssemos como ele fez. Isto significa que ao seguirmos completamente o exemplo de Jesus, podemos entrar no reino dos céus como aquele que anda com ele. Os que seguem Cristo, por onde quer que vá, são os que andam com Deus e serão redimidos.

“Entoavam novo cântico diante do trono, diante dos quatro seres viventes e dos anciãos. E ninguém pôde aprender o cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram comprados da terra. São estes os que não se macularam com mulheres, porque são castos. São eles os seguidores do Cordeiro por onde quer que vá. São os que foram redimidos dentre os homens, primícias para Deus e para o Cordeiro;” ​Ap. 14:3-4

A Bíblia nos ensina de maneira reiterada que podemos entrar no eterno reino dos céus se seguirmos o exemplo de Deus de acordo com o que ele nos deu. Também, na época do Espírito Santo, os que andam com Cristo Ahnsahnghong que veio com o novo nome e com a Mãe, Nova Jerusalém celestial, podem entrar no eterno reino dos céus. Como os filhos do Pai e da Mãe celestiais, sigamos o seu exemplo completamente, colocando-o em prática.

Cristo deu o exemplo de guardar as verdades da vida

Todos os que creem em Deus anelam pela vida de andar com ele e alcançar o reino dos céus. Contudo, sem que sigamos plenamente o caminho da vida que Deus percorreu e as verdades que praticou como exemplos, é difícil para nós dizermos que andamos com ele. Vejamos quais exemplos Deus nos deu, e que caminho devemos seguir, através de alguns casos concretos.

“Indo para Nazaré, onde fora criado, entrou, num sábado, na sinagoga, segundo o seu costume, e levantou-se para ler. Então, lhe deram o livro do profeta Isaías, e, abrindo o livro, achou o lugar onde estava escrito: O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos, e apregoar o ano aceitável do Senhor. Tendo fechado o livro, devolveu-o ao assistente e sentou-se; e todos na sinagoga tinham os olhos fitos nele.” Lc. 4:16-20

Quando Jesus veio a esta terra há dois mil anos, guardou o dia de sábado conforme o seu costume. Em sua segunda vinda, ele também deu o exemplo de guardar cada dia de sábado.

Já que Deus deu o exemplo de assistir ao culto no dia de sábado, qual dia aqueles que andam com ele devem guardar? O dia de repouso bíblico, que é o sétimo dia, cai exatamente no sábado do sistema semanal atual. Muitas pessoas de hoje guardam o culto dominical, porém a observância do culto do sábado, o dia de repouso, é a fé dos que andam com Deus. Apenas observando se as pessoas guardam o dia de sábado ou o domingo, podemos saber claramente quem está andando com Deus.

Jesus deu o exemplo de guardar não apenas o dia de sábado, mas também a Páscoa.

“Chegou o dia da Festa dos Pães Asmos, em que importava comemorar a Páscoa. Jesus, pois, enviou Pedro e João, dizendo: Ide preparar-nos a Páscoa para que a comamos. […] E, indo, tudo encontraram como Jesus lhes dissera e prepararam a Páscoa. Chegada a hora, pôs-se Jesus à mesa, e com ele os apóstolos. E disse-lhes: Tenho desejado ansiosamente comer convosco esta Páscoa, antes do meu sofrimento. […] E, tomando um pão, tendo dado graças, o partiu e lhes deu, dizendo: Isto é o meu corpo oferecido por vós; fazei isto em memória de mim. Semelhantemente, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós.” Lc. 22:7-20

A Páscoa é uma festa sagrada cujo significado é muito importante para a nossa salvação. Jesus nos concedeu a Páscoa da Nova Aliança para o perdão de pecados da humanidade, dando o exemplo de celebrá-la e ensinando claramente as suas ordenanças.

Entretanto, a Páscoa, a verdade da vida, foi abolida devido a ser obstaculizada por Satanás em 325 d.C. no Concílio de Niceia. Como resultado, muitas igrejas não celebram a Páscoa até hoje. Contudo, não devemos ignorar o ensinamento e o exemplo de Deus. Qualquer um que andar com Deus deve celebrar a Páscoa que Jesus mesmo guardou como exemplo, dizendo que havia desejado celebrá-la ansiosamente.

“Ora, a festa dos judeus, chamada de Festa dos Tabernáculos, estava próxima. […] Corria já em meio a festa, e Jesus subiu ao templo e ensinava. […] No último dia, o grande dia da festa, levantou-se Jesus e exclamou: Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva.” Jo. 7:2, 14, 37-38

Além disso, o próprio Jesus deu o exemplo de celebrar a Festa dos Tabernáculos. O dia de sábado, a Páscoa e a Festa dos Tabernáculos que Cristo guardou são as festas que contêm as grandes bênçãos de Deus.

Mesmo que Jesus tenha se vestido de roupa humana, ele subsistia em forma de Deus (Fp. 2:5-6), por isso não precisava celebrar as festas para ir ao reino dos céus; não precisava do perdão de pecados nem das bênçãos através das festas, da maneira como nós que somos pecadores precisamos. Então, para que ele as guardou?

Para que nós também façamos como ele fez, ele nos deu o exemplo. Jesus nos ensinou que apenas os que seguem o seu exemplo como ele é, merecem entrar no reino dos céus. Quem anda com Deus deve seguir completamente e praticar o caminho de fé que Cristo andou e nos mostrou como o exemplo.

“Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado”

Considerando o que temos examinado até agora, qual das numerosas igrejas de hoje ensina as pessoas a guardar tudo o que Deus ordenou? A igreja onde estão vivas e são respiradas as verdades da Nova Aliança, como o dia de sábado, a Páscoa, a Festa dos Tabernáculos e tudo o que Jesus guardou como exemplo, é a igreja que guarda os ensinamentos de Deus.

Nós precisamos refletir para ver se estamos andando com Deus ou seguindo os nossos próprios pensamentos em nosso caminho de fé. Além disso, devemos observar cuidadosamente qual igreja tem as verdades que Jesus e os apóstolos guardaram.

“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.” Mt. 28:18-20

Jesus disse: “Ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado”. Qual igreja guarda a Nova Aliança e segue completamente o exemplo de Jesus? É a Igreja de Deus que Jesus Cristo estabeleceu há dois mil anos, e que na atualidade foi restaurada por Cristo Ahnsahnghong, que é o Salvador desta época do Espírito Santo. Esta igreja, que Deus estabeleceu e levantou, e a qual pertencemos, é a igreja que anda com Deus.

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado.” Mc. 16:15-16

O evangelho que Jesus nos disse para ir e pregar a toda criatura se refere à Nova Aliança: todos os estatutos, ordenanças e leis, como o batismo, o dia de sábado, a Páscoa e a Festa dos Tabernáculos, que o próprio Jesus ordenou, ensinou e guardou como exemplo. E se realmente estamos andando com Deus, devemos guardar todos os estatutos, ordenanças e leis de acordo com o exemplo de Deus e ensinar toda criatura a guardá-los. Apenas então, toda a humanidade pode receber o perdão de pecados e seguir o caminho da salvação.

“Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne. Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis. Habitareis na terra que eu dei a vossos pais; vós sereis o meu povo, e eu serei o vosso Deus. Livrar-vos-ei de todas as vossas imundícias; […]” Ez. 36:26-29

Se escutamos a mensagem do evangelho e praticamos as ordenanças de Deus, ele será o nosso Deus e nós seremos o seu povo, para que possamos ser salvos. Ao contrário, os mandamentos criados pelo homem, como o culto do domingo, o Natal, o Dia de Ação de Graças e a adoração à cruz, que Jesus não ensinou nem praticou, nunca podem nos guiar à salvação. Isso separa aqueles que serão salvos dos que serão destruídos. Certamente lembrem-se deste fato. Então, por esta razão, Jesus nos disse para ensinar todas as nações a guardar tudo o que ele ordenou; ele nos disse para anunciá-lo a elas.

Pensando no eterno reino de Deus, todos nós, os membros da família de Sião, devemos andar com Deus como Enoque fez, para que todos tenhamos o testemunho de ser agradáveis a Deus e entremos no reino dos céus.

Aqueles que andam com Deus

Esforçamo-nos em pregar a toda a humanidade o evangelho da Nova Aliança em Samaria e até aos confins da terra; esta é uma expressão da nossa determinação de pregar a todas as pessoas do mundo o que Deus ensinou e praticou como exemplo. Nós devemos guiar todos os povos corretamente, para que possam praticar as verdades da Nova Aliança, as obras da Nova Aliança e o caminho da Nova Aliança. Aqueles que fazem assim são os que andam com Deus, e a igreja onde se reúnem tais pessoas é a igreja que anda com Deus.

Os membros da nossa família de Sião em todo o mundo, independentemente de sua idade ou gênero, pregam fortemente o evangelho do reino. Aqueles que nunca antes escutaram as boas-novas de salvação poderiam não entender corretamente a princípio. Contudo, se depois olharem para o mundo espiritual, compreenderão: “Ele se esforçou muito para ensinar o que Jesus ordenou, para me levar à salvação por meio disto”.

Agora, estamos andando com Deus. Como temos compreendido primeiro o amor e a vontade de Deus, proclamemos a muitas almas o caminho ao céu. Depende de cada indivíduo se aceita ou não a palavra de Deus após escutá-la. No entanto, nós devemos anunciar esta preciosa e bendita verdade às pessoas que ainda não a conhecem, não é mesmo?

Preguemos, anunciemos diligentemente as palavras da vida, para que todos quantos as ouvem possam voltar aos braços de Deus e sejam salvos. Por favor, vamos nos esforçar um pouco mais até que todos os seres humanos ganhem a felicidade, para que o reino dos céus não seja apenas nosso, mas também de todos.