WATV.org is provided in English. Would you like to change to English?

“Vamos Ter uma Reunião Familiar!”

Uma reunião familiar é o melhor meio de comunicação

922 Visualizações

Há conselhos de turma na escola, e as empresas realizam vários tipos de reuniões, como uma reunião de equipe e uma conferência executiva. A reunião é natural e essencial para o funcionamento de uma organização. A família é uma organização que constitui a sociedade, e as reuniões são necessárias para a compreensão e o compromisso mútuo.

Quando vocês perguntam às pessoas se elas fazem reuniões familiares, a maioria diz: “Nós quase não nos vemos”, “Não, meu filho ainda é muito pequeno”, “O que iremos falar em uma reunião?”, “Eles só precisam escutar o que eu digo! Nós não precisamos de uma reunião!”. Assim, a maioria das pessoas pensa que a reunião familiar não tem nenhuma relação com ela. Vivendo uma vida industrial ocupada, os pais estão ocupados no trabalho, as mães se dedicam nas tarefas domésticas e as crianças também estão ocupadas pelos seus estudos. Por isso, é difícil se reunir mesmo que a maioria das famílias não tenha muitos membros. E mesmo quando se reúnem, alguns se retiram no meio da reunião, porque não têm nada a dizer.

Uma reunião familiar é o primeiro passo para resolver os grandes e pequenos problemas que ocorrem no lar. É também um meio de comunicação para uma maior proximidade e harmonia dos membros. Se vocês ainda não tentaram, por que não tentar? Vocês podem se sentir estranhos no início, mas com o passar do tempo vão esperar que chegue logo a hora da reunião.

Coisas Boas de uma Reunião Familiar

Até mesmo para os membros de uma família, a comunicação pode ser realizada quando eles compartilham seus pensamentos honestos uns com os outros. Assim, uma reunião familiar é uma boa oportunidade para serem honestos com seus pensamentos e compartilhá-los. Além disso, o vínculo entre os membros pode se tornar mais forte à medida que conhecem que tipo de pensamentos e sentimentos cada um tem, e eles podem se sentir mais importantes já que acreditam que todos os membros da família se preocupam com seus pensamentos e interesses.

Na reunião familiar, se tomam como tema o que os pais costumavam decidir unilateralmente, o alcance da comunicação se expande. Se escolherem regras e resolverem os problemas juntos, eles sentem que estão no mesmo barco. Dessa forma, podem ter o espírito cooperativo e minimizar a discordância entre os membros.

Se a reunião familiar se tornar uma rotina, as crianças podem ter a oportunidade de expressar seus pensamentos. Então, elas se tornam menos rebeldes, e não fazem pedidos unilaterais, aprendendo por si só quais são as petições irrazoáveis e inadequadas. Elas também podem aprender a ouvir as opiniões dos outros e compreendê-las. Dessa forma, podem ter o hábito de falar de forma lógica e organizar seus pensamentos.

Os pais podem criar seus filhos de forma mais eficaz organizando uma reunião familiar. Em vez de cortar os pedidos dos filhos, é melhor dizer: “Por que não falamos sobre isso quando tivermos uma reunião familiar?” ou, “Temos um bom tema para discutir na próxima reunião familiar”. Se os pais sugerem o pedido dos filhos como um tema para a próxima reunião familiar, podem evitar conflitos desnecessários e impedir que os problemas se tornem maiores até a próxima reunião.

Uma mãe que faz reuniões familiares regularmente disse que começou uma reunião familiar porque estava cansada de chatear seus filhos e sentia que estava se distanciando deles. Finalmente, a reunião familiar a permitiu conversar com seus filhos em vez de chateá-los ou repreendê-los.

O que Devemos Falar em uma Reunião Familiar?

Antes de iniciar uma reunião familiar, se tentarem ter um tempo para agradecer e elogiar mutuamente as boas ações dos membros da família ou suas coisas que estão melhorando, a moral da família aumentará e poderão criar um ambiente feliz e harmonioso. O tema na reunião familiar pode ser qualquer coisa, contanto que seja algo que todos os membros possam compartilhar. Vocês podem criar algumas regras para distribuir as tarefas domésticas, como colher o lixo e limpar a casa, ou assuntos sobre os quais os membros se sintam desconfortáveis ou querem corrigir, ou vocês também podem discutir a situação econômica da família ou qualquer futuro evento, como aniversários, feriados nacionais ou exame; também podem reunir algumas opiniões para planejar juntos o menu. Se vocês postarem os temas da reunião em um lugar onde todo mundo tem acesso fácil e lhes darem tempo para pensar sobre o tema antes da reunião, então a reunião pode ser prosseguida pacificamente. Também publiquem o que foi decidido em um local para que todos possam se lembrar.

Se a reunião familiar tornar-se um momento de julgamento, os conflitos podem se tornar muito graves. Portanto, evitem apontar ou criticar as ações erradas de um membro. Se vocês precisam disciplinar um de seus filhos, é melhor conversar com ele em particular, não na reunião.

Uma reunião familiar não precisa ser pesada. Vocês podem falar sobre vários temas: Algo que gostariam de pedir desculpas a outro membro, ou uma boa frase que leram no livro, histórias engraçadas que ouviram de um amigo, algo que lhes aconteceu, uma boa história com sabedoria da vida e ensinamentos, algumas questões sociais que atraem a atenção, etc.

Às vezes, vocês podem preparar um momento especial: recitar um poema, evocar uma velha lembrança através de uma fotografia antiga, um jogo com a família, ler uma carta para os outros ou troca de presentes pequenos mas significativos. Se criarem ligações emocionais desta forma, o amor familiar se fortalecerá ainda mais.

Tentem Fazer uma Reunião Familiar desta Maneira

Muitas pessoas se sentem oprimidas quando pensam em reunião familiar. No entanto, uma reunião familiar não é algo grandioso, mas confortável, no qual os membros podem conversar livremente. Não há uma ordem fixa, mas geralmente começa com a abertura da reunião, e prossegue com a sugestão de um tema, discussão e encerramento, e vocês podem adicionar tudo o que desejam no meio. Se a ordem é muito rigorosa, a reunião pode tornar-se forçada; por esta razão a ordem pode ser flexível, dependendo da atmosfera. Aqui tem algumas dicas para uma reunião familiar eficaz.

1. Devem participar todos os membros da família na reunião

É bom fazer a reunião familiar com todos os membros quando eles têm o seu tempo livre. Se vocês vivem com um genro, ou nora, ou sogros, então deixem todos se juntarem. Se vocês têm um bebê ou uma criança pequena, seria melhor fazer a reunião quando ele ou ela estiver dormindo. Se um membro não participar da reunião, façam-no saber das coisas boas de ter uma reunião e o resultado, para que ele possa participar na próxima vez.

2. Façam a reunião regularmente

Tentem fazer isso regularmente em determinadas datas, não só quando for necessário. Ter uma vez por semana é ideal. Se vocês não puderem fazer no dia planejado por algum motivo inevitável, façam-na pelo menos no dia anterior ou no dia seguinte, para que ela possa continuar-se. Considerem a reunião familiar tão importante como outros compromissos, para que não seja interrompida. Desliguem a televisão se estiver ligada, e terminem rápida uma ligação telefônica ou a adiem para depois.

3. Dividam os papéis

Nomeiem um presidente para conduzir a reunião e um secretário para escrever atas. E tentem fazer turnos não deixando fazer só uma pessoa fixa. Se for a primeira vez que vocês têm uma reunião familiar, ou se seus filhos são muito pequenos, seria melhor que vocês liderassem a reunião; mas se seus filhos são alunos da escola primária ou mais velhos, também seria bom fazer com que eles a liderem.

4. Falem respeitosamente

É bom falar com respeito durante a reunião. Se vocês falarem com respeito, vocês se tornarão mais cuidadosos ao ter inconscientemente um coração respeitoso para os ouvintes. Quando vocês disserem a seus membros da família algo que gostaria que eles fizessem, digam: “Seria ótimo se vocês pudessem…” de modo que eles possam ouvir uma sugestão e desejo para que o ambiente não se torne endurecido.

5. Todos devem ter a chance de falar

Em uma reunião familiar, os pais tendem a falar mais e monopolizar a reunião mais que os filhos. Seria melhor dar às crianças a oportunidade de falar primeiro e ouvir suas opiniões, em seguida, os pais terão a oportunidade de falar. Se os filhos estão indecisos, os incentivem a falar quando eles estiverem prontos. O presidente da reunião deve ser atencioso para que todos possam ter a oportunidade de falar.

6. Tomem uma decisão quando todos estiverem de acordo

O princípio da democracia é a regra da maioria. No entanto, numa reunião familiar, é melhor que todos concordem com a decisão. Isso porque, se alguém tem uma opinião diferente, esse poderá se sentir excluído. Se nem todos concordarem com a decisão, suspendam até a próxima reunião para que eles tenham tempo para pensar em uma ideia nova. Se as opiniões ainda não forem de acordo, os pais devem tomar uma decisão final e ajudar os filhos a compreendê-la.

7. Certifiquem-se de colocar em prática o que foi decidido

Quando algo está decidido, certifiquem-se de colocá-lo em prática, e decidam certas recompensas ou penalidades. As penalidades devem ser úteis para os outros membros da família e para que quem receba a penalidade possa sentir-se feliz ao realizá-la. Se os pais mostram o exemplo de manter promessa e o princípio, os filhos seguirão seu exemplo. Se os pais não cumprirem mesmo o que determinaram como uma promessa, terá um efeito contrário: os filhos negligenciarão as palavras de seus pais.

8. Coisas com as quais devem ter cuidado

  • Não insistam apenas em sua própria opinião.
  • Não interrompam outro quando estiver falando, e não o critiquem.
  • Evitem um plano excessivo.
  • Não pressionem muito.
  • Não façam uma reunião muito longa. (Uma hora ou menos é o ideal.)

Uma reunião familiar é significativa no sentido de que todos os membros se reúnem e criam harmonia. Portanto, o lugar não precisa ser exatamente em casa. Podem fazer uma reunião quando saem para comer juntos ou em um dia de piquenique com a família. Vocês também podem fazê-la quando estiverem percorrendo um longo caminho de carro. Sempre aplaudam ou abracem quando houver terminado a reunião. Isto pode ajudar os membros a sentir que fizeram alguma coisa juntos.