WATV.org is provided in English. Would you like to change to English?

Quando Remover a Cobiça, Pode Se Preencher de Felicidade

​Comparar-se com os outros e ter excessiva cobiça trarão infelicidade. Se vocês quiserem ser felizes, estejam contentes.

349 Visualizações

No dia do ano novo, as pessoas respondem de diferentes maneiras às perguntas sobre os seus desejos para o ano novo, no entanto, seu desejo final é sempre o mesmo: “Ter uma vida feliz”. Os critérios da felicidade variam dependendo das pessoas. Algumas pessoas pensam que podem ser felizes se possuírem muito dinheiro, outras pensam que podem ser felizes se tiverem muita fama, e outras acreditam que o poder é a felicidade.

No entanto, o milionário Jay Gould disse antes de morrer: “Acho que eu sou a pessoa mais miserável do mundo”. O imperador Napoleão, que conquistou a Europa, confessou: “Só tive seis dias em minha vida que eu fui realmente feliz”. Jimmy Carter, ex-presidente dos Estados Unidos, respondeu à pergunta sobre o dia mais feliz de sua vida: “Depois de deixar a Casa Branca, agora fico mais feliz, vivendo com alegria”. Muitas pessoas buscam dinheiro, fama e poder para ficar felizes. Porém, as pessoas que possuíam essas coisas disseram que não sentiram nenhuma felicidade através delas. É realmente irônico.

Um fato claro é que as condições da felicidade não estão na parte externa. A felicidade está dentro do coração. É por isso que a felicidade é algo que não pode ser perdido nem roubado por alguém.

A Cobiça Causa Mais Cobiça

Era uma vez um casal trabalhador e diligente que vivia em uma pequena aldeia. Um dia, o marido comprou uma gansa no mercado com o dinheiro que ganhou com a venda de cereais. Eles acordaram na manhã seguinte e viram que a gansa tinha posto um ovo de ouro. Graças à gansa que colocava um ovo de ouro todas as manhãs, o casal se tornou rico, e não precisava mais trabalhar. No entanto, o casal se tornou cobiçoso e começou a reclamar: “Como é que esta gansa tola não coloca mais de um ovo por dia?” Então a mulher teve uma ideia. Ela disse: “Se abrirmos a barriga da gansa, vamos encontrar muitos ovos de ouro lá!” O marido concordou com ela, e acabaram cortando a barriga da gansa. Porém, não havia nada dentro dela, e o casal ficou arrasado com a morte da gansa.

Como este casal tolo das Fábulas de Esopo, a cobiça das pessoas não tem fim. Quanto mais têm, mais elas querem. Um dos cumprimentos que as pessoas compartilham nestes dias é: “Seja rico!” Não é difícil ver que a relação de uma família se rompe por causa da sua cobiça por coisas materiais. Os irmãos vão ao tribunal por questões de herança, e muitos filhos cometem crimes imorais contra seus pais por dinheiro.

Algumas pessoas dizem que trabalham muito duro para ganhar dinheiro para a felicidade de seus filhos. Elas acreditam que quanto mais têm, melhor podem criar seus filhos, e que quanto mais riqueza derem para seus filhos, eles viverão mais felizmente. Todos os pais querem fazer tudo o que seus filhos desejam, e dar apenas as melhores coisas a eles. No entanto, vocês não precisam se sentir desanimados por não terem condição para fazer isso. Quando seus filhos crescerem e se tornarem maduros, eles vão entender o seu coração e sorrir contigo, se lembrando dos dias difíceis. O que as crianças realmente precisam herdar não é a riqueza, mas um coração agradecido mesmo nas coisas pequenas, para que façam com que seu próximo e eles mesmos se sintam satisfeitos e felizes.

A Felicidade Desaparece no Momento em que Se Comparam com os Outros

Quem será mais feliz entre o que ganhou uma medalha de prata e o que ganhou uma medalha de bronze? Não deveria ser o que ganhou a medalha de prata? No entanto, um estudo realizado pela psicóloga social da universidade Cornell Victoria Medvec mostrou que os atletas que ganharam medalhas de bronze ficam mais felizes do que aqueles que ganharam medalhas de prata. Os medalhistas de bronze estavam satisfeitos somente por ganhar a medalha porque se fizessem um pouco menos, não poderiam receber a honra de subir ao pódio. Os medalhistas de prata, pelo contrário, estavam insatisfeitos com suas medalhas, porque eles pensavam que tinham perdido por pouco a medalha de ouro. Quer dizer, a mente deles que se compararam com os medalhistas de ouro os fez perder a felicidade.

A mente que se comparar com os outros sempre faz vocês se sentirem desvalorizados e infelizes. Se vocês sentem ciúmes quando algo de bom acontece com seus conhecidos, isso será doloroso para vocês. Se vocês só se concentrarem na aparência, bens e habilidade dos outros, não poderão ver a si mesmos nem ver a verdadeira natureza dos membros de sua família.

Se vocês só compararem os seus familiares com os membros de outras famílias e só olharem os pontos fracos dos membros da sua família, pensando: “O marido de minha amiga ajuda ela com as tarefas domésticas”, “Os pais da minha amiga compram o que ela quer”, “O filho do meu amigo é muito inteligente”, etc., então só aumentarão reclamações contra seus familiares. Uma pessoa feliz se sente contente no seu lugar. Aquele que se sente contente com sua vida não é uma pessoa sem nenhuma vontade ou esperança, mas é alguém que não se sente influenciado pelos outros ou pelo ambiente que o rodeia, mas que encontra sua própria felicidade e percorre esse caminho alegremente.

Tentar Mudar um Membro da Família da Maneira que Vocês Desejam Também É Cobiça

Vocês podem mudar os membros de sua família? É claro que eu não estou dizendo para trocá-los por outras pessoas, mas sim para mudar o jeito deles para fazê-los viver do jeito que vocês querem que vivam. Falando de conclusão, a resposta é não, essa tentativa não tem sentido. Todo mundo tem diferentes gostos, hábitos e modos de falar. Como diz o ditado: “O que se aprende no berço é levado para o túmulo”, o caráter de um homem é formado a partir de sua infância, ou talvez nasce com isso. Portanto, tentar mudar alguém da maneira que vocês desejam é apenas cobiça, e só vai trazer mais conflitos se não se livrarem dessa cobiça.

Muitos pais dão excessiva educação aos seus filhos sem ouvir as suas opiniões, ou controlam cada detalhe deles, até mesmo as coisas que eles mesmos devem decidir, querendo que eles obedeçam à sua vontade. Essa cobiça dos pais faz com que seus filhos sejam infelizes. Alguns pais até impedem seus filhos adultos de se casarem, porque a pessoa com quem eles querem se casar não satisfaz as suas exigências ou condições. Tudo o que os pais precisam fazer é o papel de ajudantes para que seus filhos cultivem sua própria vida. Enfatizando isso a eles e incentivando-os a ser responsáveis é o caminho para ajudá-los.

Como um marido ou uma esposa, vocês não podem odiar seu cônjuge só porque ele ou ela não segue a sua vontade. Vocês devem tratá-lo com um coração generoso. Mesmo querendo se queixar dizendo: “Eu estava cego pelo amor naquele tempo!”, não se lamentem nem culpem a si mesmo, mas tentem vê-lo com os olhos de amor e consideração. Então, vocês poderão ser capazes de ver mais virtudes do que defeitos.

Todo mundo sonha com uma família ideal. Um pai gentil, uma mãe sábia, filhos que cumprem a devoção filial aos seus pais e se amam entre si, uma nora amável, um genro confiável… Entretanto, assim como ninguém é perfeito neste mundo, nem todos os membros da família podem ser perfeitos aos seus olhos. Os membros da família não são pessoas que vocês podem escolher como se escolhessem um item ao fazer compras. Uma família compartilha uma relação de sangue e amor. Portanto, é necessário admitir e reconhecer os familiares como eles são.

O que poderia ser mais feliz do que ser amado por alguém que vocês amam? Aqueles que vocês mais amam e por quem mais desejam ser amados, devem ser os membros da sua família. Então, por favor, não tentem mudar de acordo com a sua vontade os membros preciosos da sua família, mas sejam gratos por eles estarem com vocês, e tenham paixão para viver diligentemente neste mundo difícil ajudando uns aos outros.

Alguém disse: “A felicidade é olhar para as flores no campo. No entanto, as pessoas pensam que a felicidade é arrancar aquelas flores e tê-las em suas mãos. É por isso que a felicidade começa a murchar assim que a tomam”. Se vocês agora sentem infelicidade, verifiquem se vocês estão tentando arrancar as flores no campo. Sejam gratos por poderem ver as flores se movendo ao vento, e estejam contentes por estarem com as pessoas com as quais possam compartilhar a sua fragrância. Então, uma flor mais bela brotará em seu coração. É a flor que nunca se murcha, chamada “felicidade”.