WATV.org is provided in English. Would you like to change to English?

Raabe e o Monstro

149 Visualizações

“[…] não és tu aquele que abateu o Egito e feriu o monstro marinho? Não és tu aquele que secou o mar, as águas do grande abismo? Aquele que fez o caminho no fundo do mar, para que passassem os remidos?” ​Is. 51:9-10

Estudemos sobre Raabe e o monstro que Deus cortou em pedaços no passado e que também cortará nos últimos dias.

Nos tempos antigos quando os israelitas enviaram os espiões a Jericó, havia uma mulher que os escondeu; era a prostituta Raabe (רחב). Mas, esta Raabe de Jericó não é aquele que aparece no versículo: “Tu cortaste Raabe em pedaços”.

“Raabe (רהב)”, que é hebraico, é o nome de um monstro marinho de um antigo mito, e é dito que Raabe foi submetido pelos deuses. Este termo é derivado de “Rahav (רהב)”, que significa “agir arrogante, brutal e ruidosamente”. O monstro marinho Raabe simboliza o Egito, que capturou os israelitas como escravos e foi castigado com as dez pragas que Deus derramou.

Quando o reino de Judá foi ameaçado pela Assíria, os judeus confiaram no Egito, e não em Deus. Nesse momento Deus disse o seguinte:

“Pois, quanto ao Egito, vão e inútil é o seu auxílio; por isso, lhe chamei Gabarola que nada faz.” ​Is. 30:7

E o monstro das palavras “Tu mataste aquele monstro do mar”, é “Tanin” em hebraico, que significa “serpente”, “dragão”, “monstro”, etc.

Deus fez os egípcios tremerem de medo com dez pragas para libertarem os israelitas e, quando os soldados egípcios entraram no mar Vermelho para perseguir os israelitas, ele os sepultou no mar juntando as águas divididas. Referindo-se a esta ocorrência, o profeta Isaías disse que Deus cortou Raabe (monstro marinho) em pedaços e, segundo o contexto, comparando ao fato de que Deus fez submeter-se Faraó, o governante do Egito, descreveu que Deus feriu o dragão, o monstro.

Enfim, Raabe e o monstro representam o mesmo. Em primeira fase, estes representam o Egito e o seu governante. Durante o cativeiro na Babilônia, o rei da Babilônia também foi simbolizado pelo monstro. E em segunda fase, o mesmo representa Satanás que é o rei deste mundo pecaminoso. Os “grandes animais marinhos”, que Deus criou no quinto dia em Gênesis 1:21, são também uma tradução de “Tanin” (monstro, besta). Por esta razão, a besta que saiu do mar no período profético do quinto dia, recebeu autoridade do dragão e tomou a soberania sobre as igrejas, e as governou durante 1.260 anos.

Tanto o monstro marinho quanto o dragão, estes simbolizam o diabo, o príncipe deste mundo (mar). Por isso está escrito nos livros de Daniel e Apocalipse que a besta que fala contra Deus sai do mar. Quem julgará o diabo, que é o dono temporário deste mundo (mar), e o lançará no lago de fogo, ou seja, “quem cortará Raabe em pedaços e matará aquele monstro do mar” é Deus Elohim que apareceu nos últimos dias para nos salvar. Devemos louvar e agradecer a Deus Elohim, o Salvador desta época, que julgará o dono temporário deste mundo, o diabo, e o lançará no lago de fogo, e nos levará ao reino dos céus.